Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Circunstâncias

 

Revi um colega meu. Nas piores circunstâncias, é certo, e onde não esperava. Estivemos os dois a dar aulas na mesma escola ainda no século passado. Ele a fazer estágio e eu a dar aulas de português e inglês.

Fazíamos parte de um grupo bem giro e animado, até um dueto de meninas parvas, começarem a fazer trafulhices e os interesses amorosos começarem a interferir. Nada que me envolvesse a mim ou a ele. Para mim só sobrou uma acta de 20 páginas, uma vez que era a única que tinha “ficado de fora” e, por isso, era imparcial.

 

Foi graças a ele que aprendi a dançar as “danças latinas” e era ele que nos incentivava a não desistir após o fracasso de alguns passos mais difíceis. Ele s o Z.P. e o J., os seus colegas de estágio.

Foram tempos óptimos e de muita cumplicidade e amizade entre todos. Foi uma no espectacular.

 

Hoje voltei a vê-lo em circunstâncias trágicas. Naquela notícia da escola da Moita, em que um aluno se sentiu mal e o INEM demorou meia hora ate chegar. Infelizmente, tarde demais…